Olá, pessoal! Já falamos aqui sobre como se comportar ao ser deslocado para reuniões em solo
estrangeiro. Hoje, vamos discutir um pouco sobre o que fazer e o que apresentar da nossa
cultura ao receber um visitante na empresa. Aproveitem e me mandem e-mail contando as
experiências de vocês. Vou adorar saber! Vamos lá?
Primeiro ponto: não se esqueça de que esta é uma visita de negócios e que você não está
recebendo um amigo. Mesmo que você já tenha uma certa amizade com a pessoa que irá
receber, mantenha o profissionalismo.
Segundo: americanos e europeus são muito educados e formais. Faça o mesmo. Se você não
fala inglês, aprenda a dizer que está estudando e também a usar por favor, obrigada, desculpe,
bom dia…Esse tipo de gentileza faz a diferença quando forem falar de você na matriz, fique de
olho! Ah, e por tudo que é mais sagrado, não saia abraçando ou dando beijinhos no rosto logo
de cara. Ofereça um aperto de mão e, posteriormente, se for o caso, você pode usar
cumprimentos brasileiros, ok? Alguns estrangeiros se sentem mais à vontade e entram na
nossa onda, outros não.
Em terceiro: prepare-se para as reuniões e para acolher a pessoa que chega. Logicamente,
esteja preparado para seus compromissos e seja pontual. Mas não esqueça de que a pessoa
que chega está meio “perdida”: um país diferente, idioma diferente, gente nova… Providencie
um espaço para ele/ela trabalhar; materiais e acessos que possa precisar; ensine onde ficam
água, café e banheiro; acompanhe no almoço e explique como funciona, ajude com o
deslocamento empresa/hotel. E leve seu guest (olha a palavra nova para hoje!) para fazer um
tour pelo seu departamento e pela empresa, apresentando pessoas que ainda não conheça.
Enfim, faça com que a pessoa se sinta em casa.
E por último, mas não menos importante, apresente um pouco da cultura do nosso país para
quem nos visita. Assim como você adoraria conhecer mais sobre o país da matriz da sua
empresa, eles também querem saber sobre o Brasil. Então, se possível, leve a pessoa para
almoçar ou jantar em algum restaurante bem brasileiro ou veja se o refeitório da sua empresa
pode fazer alguns pratos (eles amam pizza, feijoada, brigadeiro, lanches, coxinha, pão-de-
queijo…são muito diferentes do que existe lá). Ensine os nomes das comidas e algumas
palavras em português. Uma pessoa com quem trabalho adora “tchau-tchau”, por exemplo.
Você pode ainda apresentar a cidade, algum ponto turístico ou histórico da área ou de cidades
vizinhas. Muito cuidado com barzinhos e baladas, pois estamos falando de um contato
profissional. Não é que seja proibido fazer um social, mas verifique com seu chefe e com a
pessoa. E não beba demais. Caso a pessoa fique pelo final de semana também, veja o que ela
deseja fazer, se quer companhia ou prefere aproveitar o hotel. Lembre-se ainda de contar
coisas interessantes sobre nosso país e a região em que fica a empresa, essa troca cultural é
sempre muito rica. E, se a empresa permitir, compre uma pequena lembrança do Brasil para a
pessoa levar embora. Pode ser um chinelo, um imã de geladeira, uma camiseta, algo
relacionado a esportes ou carnaval se a pessoa se interessa por isso, algo típico da sua região.

Ah, e não perca a chance de praticar o seu Inglês! See you next week.

Texto de Natália Porcari Gerciano – nataliaporcari1@gmail.com
Foto de Free-Photos

Veja mais: