Olá, pessoal! Na semana passada, iniciamos uma série de textos para “driblar” os principais obstáculos ao aprendizado de Inglês ( se não viu, tem o link no fim da página!). Já discutimos como manter o Inglês em dia se não usa constantemente e hoje vamos falar sobre um grande vilão dos tempos atuais: a falta de tempo.

É muito comum termos uma vida corrida, cheia de exigências e que as vezes não nos permite estudar de forma adequada. Então, deixo algumas dicas que podem te ajudar a driblar a falta de tempo.

  1. Se você está fazendo aula em uma escola/com um professor

Primeiro, ir às aulas. Se não tiver freqüência, seu aprendizado será muito prejudicado. Sorry, mas não tem outro jeito. Depois, tirar meia hora da sua semana para fazer seu homework. Para se manter praticando, deixo duas opções:

– assistir vídeos curtos (até 6 minutos) no site www.ted.com ou baixar o aplicativo TED Talks.

– conversar via whatsapp por áudio com alguém que estuda, com sua teacher ou comigo.

Então:

Aula – 1 a 2hs

Homework – 30 minutos

Vídeos e áudios – 20 minutos

Total de prática da semana: 2 a 3 horas.

  1. Se você não está estudando no momento.

Neste caso, precisamos “compensar” o tempo que você teria em sala de aula. Minha sugestão é:

– leitura de texto: 20 min

– estudar gramática: 20 min

– praticar listening: 20 min

– praticar conversação: 20 min

– vídeos e áudios: 30 min

(seria o equivalente a uma aula + homework)

As opções para manter-se ativo são as mesmas acima:

– assistir vídeos curtos (até 6 minutos) no site www.ted.com ou baixar o aplicativo TED Talks.

– conversar via whatsapp por áudio com alguém que estuda, com sua teacher ou comigo.

Total de prática semanal: 2hs semanais

Lembrando que vocês sempre podem colocar mais tempo no que têm mais necessidade e também alterar para mais tempo se for possível (para menos, não, hein? ) E podem me chamar. Será um prazer ajudar. See you next week!

Texto de Natália Porcari Gerciano – nataliaporcari1@gmail.com
Foto de Free-Photos

Veja mais: