O Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Louveira realizou nesta quinta-feira (18) a reunião mensal do mês de novembro. O encontro tem como objetivo de discutir, propor, conhecer e indicar sugestões para a gestão da segurança pública do município.

A reunião contou com a presença do vice-prefeito de Louveira, Ricardo Barbosa, do delegado da Polícia Civil de Louveira, Roberto Camargo, do comandante da Guarda Municipal (GM), José Aparecido Capaci, e do comandante da Polícia Militar, Anderson Torres, além de membros da GM e das forças policiais.

Os moradores presentes tiveram a oportunidade de tirar dúvidas sobre questões de segurança pública diretamente com as autoridades. Alides Cogo, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Louveira, também esteve presente.

“Sempre é bom ressaltar que a situação da segurança na cidade não passa só pela polícia, inclui por sua vez a comunidade e todos os órgãos públicos que têm suma importância. É fundamental para a contribuição de ações para a melhoria da cidade. Para esse fim os Consegs estão trabalhando e fazendo a sua parte Brasil afora, contribuindo para a efetivação de políticas públicas de segurança e prevenção de todo o tipo de violência. A participação da população é importante”, disse Dimas Bessornia, presidente do Conseg Louveira.

Entre as pautas da reunião: leitura e atualização das demandas do Conseg, indicadores criminais gerados pela GM, Polícia Civil e Militar no mês de novembro e apresentação do funcionamento e importância do CIOP (Centro de Inteligência Operacional) da GM.

A reunião ocorreu no Salão Paroquial do Capivari, na Rua Washington Luiz, 16, Bairro Capivari, das 19h às 21h.

Próxima reunião

A próxima reunião será no dia 16 de dezembro, às 19h, no Salão Paroquial do Capivari. O evento é aberto para a população. Todos os protocolos de segurança contra o coronavírus são seguidos.

Para dúvidas e mais informações, o Conseg disponibiliza o email: [email protected]

Conselhos

Os Consegs são grupos de pessoas do mesmo bairro ou município que se reúnem para discutir, analisar, planejar e acompanhar a solução de seus problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as várias lideranças locais.

As reuniões ordinárias de cada conselho são mensais, realizadas normalmente no período noturno, em imóveis de uso comunitário, seguindo uma agenda definida por período anual.

Cada conselho é uma entidade de apoio nas relações comunitárias e se vincula às diretrizes emanadas da Secretaria de Segurança Pública.